REDE IDEB BRASIL
    Comentários com:
    'idebTema: gestores e/ou pedagogos e/ou autonomia escolar'

    Se desejar acrescentar um comentário coloque seu número INEP e sua senha original
    (se esqueceu a senha coloque seu número INEP e marque aqui: )

    E: OU:


  1. CE:
    infelizmente alguns professores e gestores acham que a responsabilidade do ideb é so das salas do 2º, 5º e9º

  2. DF:
    a mehoria na nota do ideb é devido ao trabalho continuo dos professores que buscam junto com a gestão mecanismos para melhorar o rendimento dos alunos.

  3. ES:
    para melhoria do ideb da escola é feito uma apresentação para a comunidade escolar e trabalha-se o necessário, porém apesar dos alunos deixarem deixarem registros de amam a escola e tem um bom relacionamento entre eles o interesse pelo estudo é médio; para se dar treinamento para os professores, o pedagogo também deverá ser treinado para acompanhar as atividades e o resultado; todos os professores dessa escola são contratados por designação temporária e mesmo com todo esforço individual e coletivo todo final de ano gera muita insatisfação e insegurança, pois não sabem se serão contratados no próximo ano; a política educacional na prática não está sendo valorizada, é apenas um instrumento de propagandeada política partidária; esta escola é de tempo integral, agrícola, rural, estadual, porém o governo estadual não a trata como tal; quanto ao uso da internet pelos alunos somente agora no final do ano recebemos recurso para instalação da mesma.

  4. ES:
    considerando os itens acima relacionados, posso dizer que nossa escola poderia ser ainda melhor se houvesse maior investimento ao aluno no que se refere à tecnologia. nossa sala de informática conta somente com 10 computadores para atender 447 alunos.

    acredito que o sucesso de nosso ideb (6.7) se deu pelo fato de que nossos profissionais investem em propostas de intervenção direta ao aluno, planejamento coletivo, parceria com a família e colaboração e atenção da equipe gestora.
    abraços,
    noemia – diretora.

  5. MG:
    a escola estadual doutor eduardo montandon, desenvolve um trabalho sério, mantendo-se informada dos seus resultados nas avaliações externas e ideb, lançando mão dos mesmos para nortear o seu trabalho, planejando de
    acordo com as dificuldades detectadas nas avaliações, buscando a melhoria dos resultados sempre.
    porém, por questões alheias a nossa vontade, nos últimos dois anos, nossa escola caiu um pouco nas avaliações externas,teve seu ideb rebaixado, o que acreditamos estar vinculado à mudança intensa de professores e outros fatores que também influenciaram significativamente neste resultado. estando hoje com seu quadro de funcionários definido pelas nomeações de 2016, sem comemoração de copa no país, esperamos maior sequência no trabalho, melhor qualidade e consequentemente melhores resultados.

  6. MG:
    para a melhoria do desempenho dos alunos e consequentemente do ideb das escolas, vejo que primeiramente as escolas deveriam atender apenas uma modalidade como é a nossa.que as escolas fossem somente de ensino fundamental anos iniciais;somente do ensino fundamental anos finais e somente ensino médio para que o foco fosse mais concentrado na modalidade de ensino.
    seria necessário ainda que o quadro pessoal fosse mais amplo,que os professores de apoio ao aluno com necessidade especial fossem disponibilizados sem demora aos alunos;que cada escola tivesse vice-diretor,por turno,que cada escola tivessem professores alfabetizadores para intervenção pedagógica,que cada escola tivesse orientador,pois são muitos os problemas psicológicos em decorrência dos problemas sociais,falta de estrutura familiar. que houvessem mais treinamentos para os professores e melhores salários pois um salário condizente é muito motivador.
    sugiro ainda que as professores para os anos iniciais tivessem formação do curso normal,magistério a nível médio, além da graduação a nível superior.

  7. MG:
    temos grandes parcerias com iniciativa privada que tem contribuído muito com a gestão para resultados .adotamos uma metodologia de gestão eficiente a gide que tem como foco a gestão para resultados,com isto temos indicadores internos que monitoram nossos resultados ao longo do ano com planos de ação focados na gestão para qualidade. por estarmos em área de grande vulnerabilidade social acreditamos temos alcançado resultados expressivos nas avaliações internas e externas como o ideb. nossa escola é destaque em desempenho no município superando a media da rede estadual e municipale isto é o reconhecimento do trabalho de uma eq

  8. MG:
    para a melhoria do ideb, em grande parte das escolas, há necessidade de políticas públicas sociais para resolução de situação socioeconômica, mas não menos, políticas em educação que atingissem maior acompanhamento dos professores por supervisores pedagógicos. na atual conjuntura das escolas estaduais em minas gerais há este supervisor, mas que acaba por desempenhar outros papéis na escola, como os relacionados à disciplina discente.

  9. MG:
    considero importante termos indicadores de qualidade como o ideb, no entanto acredito que deveríamos ter acesso à relatórios mais aprofundados sobre a contexto escolar diagnosticado. além disso, os indicadores de qualidade deveriam, de fato, produzir políticas públicas que conseguissem atender as especifidades de cada escola (maior descentralização de recursos e maior autonomia para a gestão dos recursos na própria escola). além disso, o ideb poderia ser base de dados para a implementação de políticas de meritocracia. o mérito não deveria ser a partir da comparação de diferentes escolas e realidades, mas em função dos resultados da própria escola. ou seja, incentivar os professores e escolas que conseguissem melhorar seus indicadores.

  10. MS:
    nossa escola tem procurado atingir melhorias na qualidade do ensino e tem demonstrado isso através das notas do ideb, porém nunca recebemos um retorno de considerações de nossa mantenedora (sed), pelo contrário, ficamos constrangidos quando recebemos a notícia de que o nosso noturno ficaria fechado, com o remanejo das turmas da eja para outra escola, com ideb menor. também estamos há vários anos solicitando autorização de funcionamento do ensino médio e sempre recebemos um parecer negativo. temos demanda, os pais sempre fazem abaixo assinados solicitando e temos um espaço físico bem estruturado, pois a escola é toda adaptada para a acessibilidade.

  11. MS:
    considero que os resultados do ideb apontam direções que temos a seguir, mas ainda nos falta apoio operacional da parte administrativa que está há anos escassa, com quadro administrativo baixíssimo e com profissionais descompromissados. este é um grave entrave na questão de melhora da qualidade. a escola não é limpa adequadamente, a merenda por conta dos recursos sofreu uma queda grande na qualidade e diversidade. tememos que isso possa comprometer nossos resultados, pois faz parte do contexto.no mais, tenho um grupo de professores extremamente comprometidos mas que precisam de formação e incentivo. nos falta também coordenadores pedagógicos compromissados e conscientes de suas atribuições.

  12. MT:
    nossa escola atingiu a meta do ideb, a superou e tem desafios pela frente. como elencado por ordem crescente os maiores problemas sao a falta d epreparo profissional dos docentes, política de organizaçao e planejamnto das açoes pedagógicas, tanto das secretarias governos como dos coordenadores da escola. a participação dos pais, deixa muito a desejar, deixando a educação dos filhos para um tempo de sobra , se tiverem. enfrentamos tudo isso e as vezes gestores cansam ficam desanimados, mas eu nunca desisti. invisto na minha gestao e profissionais . cobro o que acho necessario ara um ensino de qualidade, tanto dos pais, quanto professores, coordenadores, e todos os envolvidos na escola, como as pessoas do serviço de apoio.

  13. MT:
    boa tarde!!!
    acredito que muita coisa melhorou em nosso município depois dessa gestão (prefeito) se elegeu. a merenda vem com qualidade e variada com acompanhamento de nutricionista que elabora um cardápio diário. os professores estão sempre recebendo formações continuadas e já elaboramos nossa própria base comum curricular no ano de 2015 que dá um suporte para as escolas municipais. conseguimos elevar a média do ideb da nossa escola com muito trabalho e dedicação dos profissionais da educação. mudamos nossa maneira de avaliar o aluno, continuamos a aplicar as avaliações, porém pegamos os modelos das avaliações oficiais (provinha brasil, prova brasil, ana) e as não oficiais que são elaboradas pela rede municipal e aplicada em todas as escolas municipais no 1º e 2º semestres as chamadas aief (avaliação interna da educação fundamental).com isso vimos que a qualidade da educação na nossa escola vem melhorando e esperamos alcançar ainda mais os nossos objetivos.

  14. MT:
    nossa escola vem apresentando grandes avanços no ideb,tudo isso fruto de empenho e dedicação principalmente dos professores do 1º ciclo que dão continuidade de turma com os alunos, os mesmos ficam 3 anos com a mesma turma dando continuidade no processo de alfabetização e o curso do pacto contribuiu significativamente nos avanços da aprendizagem das criança, pois preparou melhor nossos professores. também temos ótimos professores no 2º ciclo, mas ainda temos professores que saíram recentemente da faculdade com pouca didática de ensino. percebemos que na verdade a faculdade em seu currículo não prepara bem os professores é na pratica do dia a dia e através de boa formação continuada que os mesmos se desenvolve. acreditamos que o sucesso e procura grande de vagas na nossa escola se firma com bons professores. a equipe gestora junto com os professores fazem avaliações de acompanhamento e evolução do aprendizado do aluno. o planejamento acontece de forma coletiva e o reforço escolar para os alunos com dificuldades são feitos fielmente semanal pelos professores. ao mesmo tempo também se percebe que a valorização salarial cada ano vem regredindo, sendo cada vez mais menos atrativa a profissão de professor. há muitos anos atrás a profissão era mais respeitada e valorizada pelo governo e sociedade. ainda temos a esperança de um futuro melhor para a educação com valorização e respeito do governo e sociedade pois o educador é o que forma todas as profissões. mesmo diante de momentos tormentosos que nosso pais vem atravessando não podemos desistir e perder nossa fé e esperança de dia melhores. o que mais nos alegra é perceber que ainda diante de tamanhos desafios encontrados na sala de aula podemos contribuir motivando cidadãos com respeito ao próximo e sonhadores para buscar um futuro melhor para si próprio e toda sociedade.

  15. MT:
    precisamos de acompanhamento por parte da secretária de educação em loco,pois somos da educação do campo e nem sempre nossa duvidas são esclarecidas. e segundo a gestão passada não aparece a nota do ideb, motivos de baixo numero de alunos matriculados.pedimos que olhem com mais carinho os projetos que são enviados pela escola, pois até o presente momento, nenhum foi aprovado, pois é de grande valor para os professores e alunos.
    na parte pedagógica que se faça valer o que vem nas portarias, pois este ano tive que trabalhar (04) meses sem coordenador pedagógico, pois a mesma pediu licença e não pode contratar ninguém em seu lugar, apesar dessa falha, tive auxilio dos professores e funcionários onde todos contribuirão com dedicação para que as ações planejadas fossem realizadas com exito.

  16. PE:

    temos uma escola que goza de um bom conceito em nossa comunidade, devido aos excelentes resultados apresentados no ideb,que nos credenciam como a escola de melhores resultados da cidade, mas deixamos os anos iniciais do ensino fundamental e agora só trabalhamos com os anos finais, um novo desafio com um público diferente vivendo uma fase de adolescência muito difícil e com constante mudança de temperamento.
    nosso maior problema é justamente essa mudança de comportamento e a falta de interesse e de perspectivas que a nossa juventude apresenta.
    temos procurado fazer um trabalho de qualidade para contribuir no crescimento de nossos jovens.

    ricardo araújo - gestor

  17. PR:
    estou muito satisfeita com o resultado do ideb/2015, o desempenho de todos os envolvidos para se chegar a esse resultado foi gratificante, pois todos da escola municipal maria inês speer faria se empenharam para esse objetivo. fomos reconhecidos como profissionais conquistando premiações inesquecíveis.

  18. PR:
    neste ultimo resultado do ideb nossa escola obteve um índice alto de aproveitamento, pois nossa penúltima nota foi 47 e neste ano tivemos um grande salto de qualidade para 70. isso foi o resultado de muito planejamento, comprometimento da escola como um todo, avaliações constantes, reuniões com os pais, atendimento em contra turno aos alunos com maior dificuldade, enfim a escola se mobilizou para atingirmos nossa meta.

  19. PR:
    felizmente, o colégio estadual castro alves conta com a participação efetiva dos pais no sentido de cobrar mais estudo dos filhos e temos uma organização interna muito boa o que ajuda no comprometimento dos profissionais que trabalham aqui. somos, este ano, a escola estadual com maior nota do ideb, no paraná e isso nos enche de orgulho e satisfação pelo trabalho que realizamos.

  20. RS:
    estamos muito feliz com o resultado do ideb/2015 de nossa escola. é resultado de muito esforço, iniciativa e comprometimentos de tosos os profissionais desta escola. todos aqui têm desejo em oferecer uma educação de ótima qualidade.

  21. RS:
    acredito que seja muito importante alcançar cada vez mais os índices do ideb, inclusive aumentando esses índices para que nosso alunos tenha um maior aprendizado, nossa escola trabalha com qualidade de ensino, visando que nosso aluno tenha cada vez mais condições de vivencias no mundo que o espera. contamos com professores qualificados e toda uma rede de ensino que acompanha e trabalha projetos de melhorias.

  22. SC:
    nossa escola procura sempre, durante as reuniões, criar estratégias para que o índice do ideb possa melhorar.

  23. SC:
    neste ano estamos realizando estudos e implementando o projeto político pedagógico com o objetivo de melhorar ainda mais nossos resultados. levamos em conta nosso índice ideb.
    nossa questão ainda é o baixo índice dos anos finais, comparado ao dos anos anos iniciais.
    as formações continuadas deveriam estar mais voltadas às questões pedagógicas que poderiam dar conta desse problema.

  24. SC:
    são diversos fatores que levam a temos uma ideb abaixo da media.

    - formação deficiente de professores, associado a baixos salários.
    - escola gerenciada por gereds que que na sua grande maioria são políticos sem o minimo conhecimento da realidade de uma sala de aula.
    - total ausência da família, na sua grande maioria desestruturadas e sem comprometimento nenhum com a educação dos filhos.
    - politicas publicas desvinculadas da realidade da sala de aula atual.
    - falta de estrutura física minima para o desenvolvimento de um bom aprendizado (como quadra coberta, sala de informatica com computadores atuais e internet com banda larga)



  25. SC:
    creio que para conquistarmos um ideb satisfatório devemos trabalhar sempre em equipe. a gestão deve ser democrática sempre envolvendo principalmente os pais e toda a comunidade. é necessário haver integração e comprometimento de todos para se alcançar todas as metas previstas. é um trabalho árduo porque existe falta de recurso humano para nas escolas, principalmente na dimensão pedagógica.

  26. SC:
    a creditamos que a maior dificuldade encontrada em melhorar os índices de ideb, é o tempo necessário para o planejamento e o comprometimento de todos os envolvidos nesse processo. alguns professores, alunos e famílias são descomprometidos. a escola precisa de espaço (tempo) para se deter mais em o planejamento e acompanhamento pedagógico.

  27. SC:
    o processo ensino-aprendizagem requer entre outros aspectos, condições melhores de trabalho. nestes dois anos devido o andamento de obras na escola de reforma, ampliação e restauro, tivemos funcionamento quase ininterrupto, ou seja, matutino, intermediário, vespertino e noturno, o que denota dificuldades relacionadas ao horário e condições de aprendizagem aos nossos alunos. no entanto, os professores e gestores da melhor forma possível procuraram trabalhar com esmero e profissionalismo. aguardamos ansiosos 2017, em que a escola retornará ao seu turno de trabalho normal. o ideb de nossa instituição está acima do índice do município de são francisco do sul, porém, é preciso continuar os esforços através de aulas mais criativas e retomada de projetos com os alunos, o que estimula a aprendizagem.

  28. SC:
    com alegria, estou respondendo as questões desta pesquisa.
    sei da importância que ela representa para a escola.
    os seus estudos e material disponibilizados são importantes para nós gestores termos um parâmetro a ser seguidos e ver onde podemos melhorar.
    gosto muito de acompanhar os dados do ideb, pois o foco da minha escola é o pedagógico.
    comecei este ano na direção e percebo vários avanços já.
    temos muito a melhorar, mas com o compromisso de todos conseguiremos alcançar a meta ou chegar perto dela.

  29. SC:
    temos interesse em aumentar o índice do ideb de nossa unidade escolar. desejamos a oferta de mais cursos para os profissionais da educação, uma maior autonomia nas escolas para que pudéssemos contratar professores act´s, sendo que os que fazem um bom trabalho poderiam permanecer dando continuidade.

  30. SP:
    os índices alcançados pela u.e. no ideb nos últimos anos, vem apresentando melhoras significativas quanto ao desempenho dos alunos, fato este que nos leva a acreditar no crescimento do trabalho profissional, dedicação, compromisso e empenho de cada seguimento atuante neste processo educacional.

  31. SP:
    seria importante frisar se a escola empreende:
    - projeto de relevância
    - atividade sistemática de leitura e ou pesquisa
    - proposta pedagógica diferenciada.

    quando a escola estabelece metas a serem cumpridas e envolve todos os segmentos (professores, alunos, servidores, pais e comunidade) na construção desta meta ou plano o trabalho acontece e a escola passa a abraçar as causas coletivamente. daí em diante, podemos pensar num coletivo em prol de um objetivo.
    quando se sabe onde quer chegar, também se encontram os meios para alcançar o que se propõem.

    em nossa escola, nossa proposta pedagógica, o ensino modular, tem como meta uma busca incessante por uma educação de qualidade, busca que deve refletir nos índices do ideb, a curto prazo alcançar os índices da prefeitura e a médio e longo prazo, aparecer entre as melhores escolas públicas. o que temos notado é que em relação a outras escolas similares na prefeitura, o nosso índice para os anos inicias está aquém, mas numa escala ascendente, enquanto que o índice nos anos finais, ainda muito baixo,também é ascendente, enquanto em boa parte das escolas similares este índice tem declinado. esperamos que as demais escolas revertam esta linha e que continuemos nossa curva ascendente.

  32. SP:
    são quatro anos nessa unidade escolar. temos um quadro de professores comprometidos, que se envolvem com os alunos, sempre buscando aprimorar o processo de ensino/aprendizagem. a nota do ideb é um reflexo do trabalho aqui desenvolvido. a baixa rotatividade de professores, o apoio da secretaria municipal de educação e da oficina pedagógica, muito nos auxiliam. também temos a presença de um coordenador atuante, que trabalha de forma integrada com a direção, professores e funcionários. quanto a participação da família, não é como desejamos, mas é bem além do que temos visto em outros locais. trabalhar em equipe é fator primordial para o sucesso da escola.

  33. TO:
    a nossa escola não atingiu a meta do ideb do ano de 2015,no entanto nós estamos nos empenhado mais para que em 2017 essa meta seja atingida ou mesma superada.


  34. 22/01/2020 23:08:18